Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

15 anos depois, Viseu mostrou o seu orgulho

IMG-20201012-WA0064.jpg

"A marcha deste ano assinalou de forma emotiva a manifestação STOP Homofobia [que teve lugar em 2005]" explica ao dezanove.pt Tiago Resende da Plataforma Já Marchavas,  entidade organizadora da 3ª Marcha pelos Direitos LGBTI de Viseu.

 

Viseu marchou pela terceira vez naquela que foi a única marcha LGBTI+ do país em 2020. Passados 15 anos da Manifestação STOP Homofobia (que ocorreu a 15 de maio de 2005) mais de 200 pessoas ocuparam as ruas de Viseu para lutar contra a LGBTI+fobia numa cidade ainda muito conservadora.

 

O activista viseense continua: "Evocamos aquela que foi a primeira manifestação contra a homofobia fora de Lisboa e a importância da cidadania e da solidariedade enquanto veias de luta e mudança da sociedade. Em tempos de pandemia, com a ascensão da extrema-direita e dos discursos fascistas, racistas, machistas e xenófobos, a cidadania não se confina. Devemos estar todos e todas vigilantes e participar ativamente na construção de uma sociedade livre, igual, justa e cooperativa. As conquistas alcançadas nos últimos 20 anos pelo movimento LGBTI+ em Portugal podem ser revertida. E se já foi muito difícil alcançar a igualdade perante a lei, pois alcançamos várias conquistas na legislação nas últimas duas décadas, o desafio para o movimento LGBTI+ agora é o de alcançar a igualdade perante a sociedade. Mudar mentalidades e preconceitos das pessoas é o caminho mais difícil. Por isso, as marchas LGBTI+ devem e vão continuar a existir em várias cidades do país".

 

Vê as fotos da Marcha de Viseu aqui.

Créditos das Fotos: Plataforma Já Marchavas

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.