Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

A história de Tuxa contada em vídeos

Tuxa também conhecida por Miss Ágata, responde igualmente por Fernando ou Manuel Fernandes. É tema regular de alguns programas matinais da televisão, de reportagens vídeo no Correio da Manhã (acto simbólico do primeiro casamento gay frente à Sé de Lisboa e violência doméstica termina primeiro casament gay) e até de uma webserie chamada “Na Casa D’Este Senhor“, uma iniciativa datada de 2011 promovida pela cerveja Tagus.

Em 2011 também ficou conhecida por fazer uma tatuagem nas costas com a menção "Cinha Jardim - A rainha do jet set".

Há cerca de um mês, Tuxa foi uma das convidadas do programa “Cartas da Maya – O Dilema” que passa nas manhãs da SIC. Ao longo de 13 minutos Tuxa conta a sua história de vida contra o preconceito e as dificuldades que actualmente diz atravessar. Ao longo do programa a apresentadora da SIC chama-a várias vezes de Fernando e Tuxa responde também por esse nome. No entanto, a própria afirma que é “mais mulher do que homem”.  Depois de uma carreira preenchida no mundo do transformismo, Tuxa alega viver com 189 euros mensais do RSI (rendimento social de inserção).

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    RC 13.12.2012 14:59

    Aconselho uma espreitadela ao programa Americano "Rupaul's Drag Race", para entender que o transformismo é apenas uma forma de entretenimento, como outra qualquer - tal como stand up comedy, etc... Em Portugal, pode ser menos conhecido, ter menos glamour, mas não devemos apontar nunca o dedo a quem ousa ser diferente.

    Não discuto este caso particular, mas a generalização de matrafonas e de que quem faz transformismo se sente uma mulher aprisionada num corpo de homem, estão completamente erradas.

    O seu comentário deixa-me triste, por atacar uma minoria (claramente sem vasto conhecimento do fenómeno). Repito, não critico os descontos ou não descontos, mas sim a crítica fácil e a desvalorização de uma minoria.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.