Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

"Eu não quero ter medo de ser quem sou" (vídeo)

Válter Cardeira.PNG

Um vídeo publicado no Instagram pelo actor Válter Cardeira esta madrugada, na sequência do movimento #VermelhoemBelém, está a mostrar o quão o ódio, o cyberbullying e a homofobia estão presentes em Portugal. Alertamos que o vídeo publicado abaixo tem conteúdo sensível. 

O actor de 23 anos aderiu ao movimento contra o fascismo e o machismo que ontem varreu as redes sociais em Portugal. Válter pintou os lábios e entrou num popular site de conversas e encontros através de videochamadas. No vídeo, gravado ontem pelo próprio actor, com uma duração de 3 minutos e 30 segundos, há de tudo: ameaças de morte, homofobia, insultos vários, incitamento a sevícias e ao voto no candidato de extrema-direita. A palavra "paneleiro" é uma constante. Escapam apenas sensivelmente 10 segundos de empatia. Tudo o resto são conteúdos de ódio e incompreensão protagonizados por jovens adolescentes residentes em Portugal. 

Válter publicou o vídeo de alerta acompanhado de um manifesto:

  • Tenho vergonha e nojo de vos chamar de portugueses... só quero que vejam com os vossos próprios olhos e que tirem as vossas próprias conclusões. Se estou com medo ?! Muito !! Mas continuo com esperança 🌹🌈
    Eu não quero ter medo de sair à rua por usar roupa feminina ou por usar maquilhagem.
    Eu não quero ter que ouvir “paneleiro, bicha, picolho, borboleta (entre outras)” o resto da minha vida.
    Eu não quero que as mulheres deixem de ser mulheres.
    Eu não quero ter medo de ser quem sou.
    Eu não quero viver num país com preconceito, racismo e descriminação.
    Bora lutar por uma sociedade livre ❤️
    Temos de dar voz ou somos engolidos ! #vermelhoembelem

Em menos de 10 horas o vídeo já teve mais de 115 mil visualizações e contou com feedbacks de apoio de figuras públicas como Rui Maria Pêgo: "Valter, aplaudo a tua coragem. Isto que mostras é uma ínfima parte daquilo que acontece em Portugal, ainda. Mas não será assim para sempre. Mantive o batom hoje, espero que tu também. Keep up the fight! És incrível.🌈❤️"

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Válter Cardeira (@valtercardeira)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.