Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Exige-se justiça para Samuel, um jovem de 24 anos assassinado na Corunha

#justiciaparasamuel

A Polícia Nacional de Espanha está a investigar a morte de Samuel Luiz Muñiz, um jovem de 24 anos que foi espancado na manhã deste Sábado nas proximidades de uma discoteca n'A Coruña, Galiza, Espanha.

Os primeiros indícios apontam para a possibilidade desta morte ter tido origem num vídeo feito pelo jovem com o seu telemóvel. No entanto, vários utilizadores de redes sociais e amigos de Samuel relatam que o motivo do assassinato foi a orientação sexual do jovem que era assistente de enfermagem.

Até ao momento foi decretado  sigilo sobre este caso que está a  ser investigado pela Polícia Nacional. A luta que desencadeou a sua morte começou na Avenida de Buenos Aires, por volta das 03h da manhã, quando, supostamente, um grupo de jovens começou a espancar a vítima deixando com ferimentos graves. Os serviços médicos tentaram reanimar o jovem agredido durante quase duas horas

Samuel foi posteriormente transferido em estado crítico para o Complexo Hospitalar Universitário da Corunha (CHUAC), onde a sua morte foi declarada. Até agora não foi efectuada nenhuma detenção de quaisquer suspeitos.

 

 

 

 

A hashtag #JusticiaParaSamuel está a ser usada nas redes sociais  para denunciar e condenar a morte do jovem. "Todo o meu amor e apoio à família e amigos do Samuel. Condeno este crime de ódio. Queremos um país sem violência onde todos se sintam livres de serem quem são. Que assim seja #JusticiaParaSamuel", disse a Ministra dos Direitos Sociais e da Agenda 2030 e Secretária Geral do Podemos, Ione Belarra.

 

Também a Ministra da Igualdade em Espanha, Irene Montero, reagiu  condenando o assassinato e enviou "amor" à família e aos entes queridos do jovem "nestes tempos difíceis". "Juntos devemos construir uma sociedade mais livre na qual não deixemos espaço para o ódio", acrescentou.

Lista de contactos úteis e de apoio às pessoas LGBTI em Portugal:

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por dezanove.pt (@dezanovept)

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.