Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Exposição queer de Tales Frey é inaugurada este Sábado no Porto

tales frey.jpg

De cor viva e de desejo, “Estandarte Vermelho” é a nova exposição individual de Tales Frey que estará patente de 25 de Janeiro a 14 de Março na Galeria Sput&Nik the window, na Rua do Bonjardim 1340, Porto.

 

Sob uma vibrante coloração comum, dissemelhantes proposições artísticas conectam-se num mesmo espaço, onde o desenho, a performance, o vídeo e o objecto são veículos de reflexão sobre o corpo e as suas subjectividades. 

Nas concepções expostas, os corpos híbridos propõem novas versões e também subversões sob o anseio de oferecer um posicionamento crítico e político a quem acede ao conteúdo de cada uma das criações, estando todas elas delineadas em códigos contrários aos da cisheteronorma para afirmarem existências múltiplas, plurais e negar as opressoras convenções sociais.

Sendo uma cor primária, o vermelho é a cor do sangue, cor da energia sexual, da paixão e da ira. É uma cor associada à revolução, ao fogo e também aos movimentos políticos de esquerda. Cor viva, quente, cor utilizada por Hans Christian Andersen e pelos irmãos Grimm para abordarem a fertilidade e, principalmente, o desejo. 

Indicador, desenho e luz.jpeg

Tales Frey nasceu em Catanduva, São Paulo, em 1982. É um artista transdisciplinar, que vive e trabalha entre o Brasil e Portugal. Realiza obras amparadas tanto pelas artes visuais como cénicas, situadas no cruzamento entre a performance, o vídeo, a fotografia, o objecto, o adorno/indumento e a instrução. O corpo e a performatividade são motes de especulação tanto nas suas criações práticas como nos seus trabalhos académicos. É graduado em em Artes Cénicas – Direcção Teatral pela UFRJ no Brasil, mestrado em Teoria e Crítica da Arte pela Universidade do Porto, doutorado em Estudos Teatrais e Performativos pela Universidade de Coimbra e cursa pós-doutorado em Artes pela Universidade do Minho, sendo convidado para integrar o Grupo de Investigação em Performance como pesquisador sénior nesta última instituição. É representado pela Galeria Verve de São Paulo. O artista brasileiro tem apresentado o seu trabalho em diversos  países.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.