Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Publicidade

Governo entrega 50 mil euros a nove associações de defesa dos Direitos das pessoas LGBTI

CIG LGBTI Associações Actvismo.jpg

Decorreu esta semana a cerimónia de assinatura dos Protocolos de Apoio Técnico e Financeiro celebrados entre a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género – CIG e nove organizações não-governamentais LGBTI.

 

A cerimónia teve lugar na Presidência do Conselho de Ministros na passada quarta-feira, na sequência do concurso lançado em 2018.  

Os protocolos decorrem de uma linha de financiamento disponibilizada pela CIG, no valor de 50.000€, para apoio técnico e financeiro a organizações não governamentais LGBTI para a realização de projectos ou acções que visem combater a discriminação em razão da orientação sexual, da identidade e expressão de género e características sexuais,

As nove associações que receberam subvenções foram: rede ex aequo - associação de jovens lésbicas, gays, bissexuais, trans, intersexo e apoiantes; AMPLOS – associação de mães e pais pela liberdade de orientação sexual e identidade de género; Casa Qui; Associação ILGA Portugal, Associação Plano i; Associação Ação Pela Identidade; Tudo Vai Melhorar; IA -Identidades e Afectos e Variações - Associação do Comércio e Turismo LGBTI em Portugal.

A cerimónia contou com a presença de Rosa Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Teresa Fragoso e Carlos Duarte, Presidente e Vice-Presidente da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, respectivamente.

 

Fonte e Foto: Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.