Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Já há data para marchar em Aveiro

Aveiro Portugal.jpg

A comissão organizadora da primeira Marcha do Orgulho LGBTI+ de Aveiro já indicou a data para a sua realização: 15 de Junho. 

Esta será a primeira vez que na cidade se vai organizar uma marcha pelos Direitos das pessoas LGBTI. Aveiro soma-se assim a mais cidades que já anunciaram ou que vão anunciar eventos relacionados com o Orgulho LGBTI este ano: Braga, Bragança, Coimbra, Faro, Funchal, Guimarães, Lisboa, Matosinhos, Ponta Delgada, Porto, Vila Real e Viseu.

A organização da Marcha LGBTI+ de Aveiro surgiu da junção de sinergias de diferentes habitantes da região de Aveiro, tendo a sua vontade sido partilhada com diferentes plataformas, partidos e associações.

A organização da marcha faz saber que marchará pelo fim do preconceito, do medo e da discriminação e pelo respeito e celebração da diversidade: "Marcharemos também pelo direito a viver o amor de forma plena, sem ameaças nem constrangimentos e de lutar pelo reconhecimento e diversidade na sigla LGBTI+, incluindo todo o espectro de orientações sexuais e identidades de género e modelos de relacionamento."

A comissão organizadora considera que "muitos têm sido os progressos legislativos alcançados, desde o casamento, passando pela lei da identidade de género, até as leis referentes à homoparentalidade. Conquistas que permitiram que tenhamos agora uma sociedade mais justa, onde não é negado a ninguém o direito de ter uma família. No entanto, ainda existe caminho a percorrer, especialmente do ponto de vista cultural. Na nossa sociedade, independentemente destas importantes conquistas legislativas, sentimos todos os dias na pele os efeitos da homofobia, transfobia, bifobia… Sentimos as amarras de uma sociedade, por vezes, castradora, conservadora, misógina e homofóbica. Aquilo que vemos como medidas de informação e formação para uma sociedade mais tolerante, são julgadas negativamente, como um suposto atentado aos supostos bons valores, aos bons costumes, ao modelo tradicional de família."

A primeira Marcha LGBTI+ em Aveiro terá o seu início na Estação de Comboios de Aveiro, passando pela Avenida Lourenço Peixinho e terminará na Praça da República.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.