Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

“Love, Victor”, a série que explora a vida de um jovem gay está de volta em Junho

love victor.jpg

“Love, Victor”, uma série original Disney+ que é transmitida pela plataforma Hulu, é uma sequela do filme “Love, Simon” inspirado no livro da autoria de Becky Albertalli e já tem data de estreia para a segunda temporada.

Durante um longo período de tempo, os fãs de “Love, Simon” esperaram por uma continuação do filme e no ano passado isso finalmente aconteceu. Com um novo personagem, “Love, Victor” conta a história de autodescoberta de Victor, um jovem rapaz, que acaba de se mudar para uma nova cidade, Creekwood. À medida que vai fazendo amigos e enturmando-se na escola, Victor tenta conhecer-se a si próprio e aventurar-se na descoberta da sua sexualidade. O jovem usa a história de Simon como uma inspiração, mas também como, uma comparação. Victor vai ter de lutar para descobrir quem é juntamente com os amigos e até com o próprio Simon.

Segundo a plataforma Hulu, esta série, foi a mais assistida na semana de estreia em Junho do ano passado tendo a segunda temporada sido confirmada pouco depois. A data de estreia da segunda temporada foi anunciada num comunicado especial feito por vários actores da série: será a 11 de Junho que voltaremos a Creekwood para saber o futuro de Victor.

A primeira temporada acabou com a frase “Mom… Dad… I´m gay!” (Mãe… Pai…. Sou gay!), deixando todos os fãs extremamente curiosos pela continuação. Será também a partir dessa frase que continuará a segunda temporada. Victor terá de lidar com a sua saída do armário e aventurar-se no seu primeiro relacionamento homossexual com Benji. Também terá de ajudar o seu melhor amigo Felix que deu um grande passo no seu relacionamento com a Lake. Não esquecendo, a ex-namorada Mia a que Victor partiu o coração e causará certamente alguma tensão entre o casal.

A autora de “O coração de Simon contra o Mundo”, Becky Albertalli, compreendeu ser bissexual também no ano passado e está directamente envolvida no projecto “Love, Victor”. Para além, do livro referido acima, Becky, é autora de várias outras histórias com uma temática diversa voltada para jovens que estão a descobrir quem são no mundo.

 

Filipa C.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.