Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

O que têm as Pussy Riot a ver com a teoria queer?

Queer não é apenas cultura, também pode ser uma forma de protesto, como mostram as Pussy Riot. O seu exemplo e as novas formas de contestação queer vão estar em debate na Culturgest, em Lisboa, no próximo dia 6.

A conferência "No Church in the Wild: A Estética da Anarquia" (entrada livre) conta com a participação de Jack Halberstam, um dos mais destacados estudiosos da teoria queer e das questões de género. Halberstam tem trabalhado as temáticas da arte queer do malogro; sexo e os media; a variância de género; as subculturas, a cultura visual, o cinema popular e a animação.
A organização está a cargo de António Fernando Cascais e Mónica Guerreiro e será transmitida no site da Culturgest.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.