Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

São estes os vencedores dos Prémios Arco-íris da ILGA Portugal

ILGA PORTUGAL

A associação ILGA PORTUGAL volta a distinguir as personalidades e instituições mais relevantes na defesa pela igualdade e não discriminação das pessoas LGBTI ao longo do ano que agora termina.

 

No campo do Jornalismo, Aline Flor (Público) e Joana Martins (RTP) são premiadas pelo seu trabalho de excelência em peças jornalísticas, podcast e programas digitais.

Na Política as distinguidas são a Câmara Municipal de Almada, a Junta de Freguesia de Campolidade e a Junta de Freguesia da Misericórdia, ambas em Lisboa, pelas acções em torno da Visibilidade e inclusão das pessoas LGBTI.

O humorista Diogo Faro ganha o prémio arco-íris pelo seu trabalho crescente de promoção da igualdade de género e defesa das pessoas LGBTI.

Nas Artes o prémio vai para os Fado Bicha e o filme "Variações" de João Maia por darem voz às histórias da comunidade.

O Clube Estoril Praia é também agraciado pelo posicionamento público contra a homofobia no desporto bem como pelas acções de formação que levou a cabo junto de desportistas e da equipa técnica.

Alex D' Alva Teixeira, vocalista do projeto D'Alva, fez o seu coming out público falando das resistências que ainda existem no seio da juventude ou da indústria musical e do entretenimento. É também um dos premiados desta edição.

A lista de premiados conta com mais duas atribuições dadas pela associação de jovens rede ex aequo e pela associaçao de Pais e Mães AMPLOS. A juventude LGBTI decidiu premiar José Carlos Malato pelo seu forte apoio à promoção da inclusão e da protecção de jovens LGBTI nas escolas. Já a AMPLOS decidiu enaltecer o trabalho levado a cabo pelo IAC - Instituto de Apoio à Criação, em particular o seu  Sector de Humanização l, pelo apoio na elaboração dos guias dirigidos a Famílias e Profissionais de Educação das áreas da diversidade de género na infância.

O design dos troféus deste ano estão a cargo do artista plástico André Tecedeiro.

A cerimónia de entrega de prémios está agendada para 11 de Janeiro, a partir das 21h00, no Cineteatro Capitólio, em Lisboa. A apresentação cabe a Beatriz Gosta e a Joana Barrios e haverá interpretação simultânea em língua gestual portuguesa. A entrada é livre.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.