Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Summeraction Festival: Festas, barco e Jorge Ballestinos

O Summeraction Festival regressa esta quinta-feira, prolongando-se até Domingo. Por 60 euros, é possível ter acesso às três festas no Construction (quinta, sexta e Sábado), à entrada no Bear Boat, a uma entrada na sauna Trombeta, a uma t-shirt Summeraction 2014 e a três bebidas.

Este é um festival anual realizado pela equipa dos espaços Woof e da discoteca Construction. Os bilhetes estão à venda na loja Mr. Woof, nos bares WoofLX e WoofX e no Construction. Assim, esta quinta DJ Brand (Barcelona) assegura a festa no Construction, sexta-feira é a vez de DJ The Mae (Sevilha) e no sábado será com DJ Dave Urania (Madrid) e DJ John A. Também no Sábado, mas às 16h sai o Bear Boat (veleiro Príncipe Perfeito) da doca Rocha Conde de Óbidos. Um dos gogo dancers das festas será Jorge Ballantinos, conhecido actor porno gay internacional.

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Filipe 05.08.2014 12:21

    Muitos escolhem os amigos, namorados e parceiros pela quantidade de pêlos no peito, barba e músculos. Quem não for peludo ou tiver um barba mais fraca, ou quem for magro, é excluído.
  • Sem imagem de perfil

    Luis Neves 05.08.2014 19:28

    Em boa verdade, descriminam-me pessoalmente porque não ter a apresentação desejável; Prezo pela individualidade acima de tudo, pela não convencionalidade cinzenta, por tal não enquadro no ideal - recuso vestir como um qualquer grupo dita, fere o meu sentido de individualidade e de liberdade, algo pelo qual lutarei até à morte se assím tiver que ser; O que quase já aconteceu por duas vezes, acredite-se; Nada que ver com qualquer comportamento expresso por mim nem por qualquer tipo de intoxicação alcoólica ou outra, simplesmente aconteceu, fui feito alvo. Prezo a sobriedade e ainda bem, porque se não, poderia não ter sobrevivido para lutar contra múltiplos agressores covardes - Tornei-me vítima por acaso de circunstâncias exteriores a mim; A vida nem sempre é justa...
  • Sem imagem de perfil

    Filipe 06.08.2014 02:47

    Gostei do seu comentário. Escreve bem, deve ler obras com qualidade.
  • Sem imagem de perfil

    Luis Neves 06.08.2014 19:50

    Por acaso tem uma ligeira gralha, ao editar deixei o pronome errado; O que queria de algum modo acentuar é precisamente o direito à diferença, à individualidade, o que parece que se relega. Ainda há afirmações onde se expõe a diferença por sí, não percebendo que facilmente se passam de palavras a actos, não importa quem é o interlocutor, a mensagem em sí é perniciosa; aqui também a edição é fundamental, a liberdade é valor maior mas também não menos a resposabilidade social - não se compreende como em sociedade seja aceite um discurso antisocial; do ponto de vista lógico é uma contradição diametricamente oposta, só de esse ponto de vista pode ser compreensivel que tal interlocutor profira tal discurso, já que espelha a sua vivência diametricamente oposta... É o ultimo a ter moral para declarar o que quer que seja sobre a vida de qualquer outro indivíduo seja qual for a circunstância...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.