Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dezanove
A Saber

As notícias de Portugal e do Mundo

A Fazer

Boas ideias para dentro e fora de casa

A Cuidar

As melhores dicas para uma vida ‘cool’ e saudável

A Ver

As imagens e os vídeos do momento

Praia 19

Nem na mata se encontram histórias assim

Trans portuguesa detida no Dubai “por estar disfarçada de mulher”

 

dubai.jpg

Um tribunal do Dubai ordenou a detenção de duas mulheres transexuais, umas portugueses a outra espanhola, por estarem “disfarçadas de mulheres e por entrarem num lugar restrito apenas a mulheres.

A denúncia partiu da Amnistia Internacional que refere que a portuguesa Sofia Janeiro (18 anos) e a espanhola Alesandra Chanel (36 anos) foram condenadas a 19 de Fevereiro em tribunal a pagar dois mil dirhams (cerca de 480 euros). Por não terem pago essa quantia, foram detidas na Prisão Central do Dubai. A Amnistia, avança o diário espanhol 20 Minutos, pede agora a intervenção rápida dos governos dos dois países ibéricos.

A detenção ocorreu numa estação de metro a 22 de Janeiro, quando estavam de volta ao seu hotel depois de irem fazer compras a um centro comercial do Dubai. Uma pessoa acusou-as então de terem entrado numa casa de banho para mulheres. Segundo a Amnistia Internacional, tanto Alesandra como Sofia, refutam essa acusação. No Dubai está prevista uma pena de prisão até um ano e uma multa para “qualquer homem disfarçado com roupa de mulher que entre num lugar autorizado apenas a mulheres”. Apesar de se identificarem como mulheres, os passaportes de Alesandra e Sofia continuam a apresentá-las como sendo do sexo masculino.

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Filipe 27.02.2015 06:20

    Eu também gostaria muito de ir à Sibéria conhecer a cultura xamã, e ir a São Petersburgo, mas enquanto estiver o Putin no poder nem um cêntimo para a Rússia.

    Não é pelo povo russo, que sofre com a corrupção das suas elites, é um país com recursos imensos onde a população tem muita miséria...

    Mas enquanto bissexual não posso tolerar os crimes contra a humanidade cometidos pelo regime de Putin. Para além disso, é este o homem que tentou impedir a entrada da Ucrânia na UE e que agora está a provocar uma guerra na Europa, ao não respeitar a integralidade das fronteiras ucranianas.

    Lamento ainda que Putin tenha tantos fãs em Portugal, tanto na extrema-esquerda como no nacional-socialismo. Curiosamente, os extremos tocam-se.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.10.2016 03:46

    Tem piada porque nunca vi um único fã do Putin naquilo a que você chama de extrema-esquerda. Mas fãs de Salazar e Trump na direita supostamente moderada...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.